InícioFAQProcurarPortalMembrosRegistarEntrar
Atualização: Leia o informativo e fique por dentro do que anda acontecendo em nosso fórum.

 

 The Ha'penny Bridge

Ir para baixo 
+56
Morgan Rowan Chandler
Rodolphus Golds Corse
Ceci Donahue Sullivan
Thomas Bürckle Donati
Sagittarius Z. Flamming
Cassie Haraldsen Beoulve
Rosalie Belmonte Zarek
Erin Lockwood Harmune
Hella Nottingham Krochan
Zara Ohlweiler Zarek
Dawn Evangeline Crywolf
Cahira Basro Waiãpi
Summer A. Whitethorn
Alessa Azalee
Alphonse Maeir Elric
Sarah Donati Rolstroy
Katerina Van Del Monaco
Lyza Ziegler Wernersbach
Walker Von Richmond
Cheryl Hool Ziegler
Connor Stokes Lykaios
Orion Haraldsen Beoulve
Johnatan Alecssander
Coraline Zarek Rietmann
John Clow
Vladimir Deasún Ceallach
Caitlin Bürckle-Schreave
Nadja Kriska Hennigar
Axel Cierc von Morgshern
Chad Dawson
Kairo Ziegler O'Brian
Charlotte Adalyn Brooks
Garth Lumière Ward
Sam D. McCain Wichbest
Michelli Dosseau McFlont
Ash T'zie Luoyang
Oliver McGregor
Amanda R. McGregor Ledger
Nicholas Slytherin Larsen
Vênus Von Ziegler
Luana Asgark
Harleen Vahlok
Ellion
Ivna Cunningham Czarevich
Rachel D'Amici McKnight
Misty Damiani Belcourt
Ally Klifford
Samuel DiBord Alecssander
River Waynwood Nottingham
Theodor Alborne Looken
Liam Chandler Wichbest
Mônica Adala Iljick
Abigail K. Reid
Trevor Salvatore Ziegler
Allana Czarevich Rolstroy
Diretor Alvoros Grunnion
60 participantes
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5
AutorMensagem
Diretor Alvoros Grunnion
Diretor
Diretor
Diretor Alvoros Grunnion


Patrono : Fênix
Bicho-papão : Diretor

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Corvinal
Ano Escolar: Concluído
Varinha:

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeSeg 14 Jan 2013, 20:45

Relembrando a primeira mensagem :

The Ha'penny Bridge

Dublin, Irlanda


The Ha'penny Bridge - Página 5 354801387_1c57dee3c9

A Ponte Ha'penny, conhecido mais tarde por um tempo como o Ha'penny Penny Bridge, e oficialmente, a Ponte Liffey, é uma ponte pedonal construída em 1816 sobre o rio Liffey em Dublin , na Irlanda.  Feita de ferro fundido , a ponte foi lançado em Coalbrookdale em Shropshire , Inglaterra.

Fonte: Wikipédia

OBS.: Local parcialmente protegido pela lista de Lugares Protegidos



RPGHogwarts.org


Alvoros Grunnion
Diretor da Escola de Magia e Bruxaria de  Hogwarts


Ações
- Falas
"Falas de outros personagens"
"Pensamentos"
Ir para o topo Ir para baixo

AutorMensagem
Alessa Azalee

Alessa Azalee



Perfil Bruxo
Escola/Casa:
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha:

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeQua 20 Maio 2020, 06:24

A viagem tinha sido longa e cansativa para a mulher, mas seus negócios precisavam ser concluídos. Ela havia marcado uma reunião com um contratante ali, o negócio de sua família era assassinato. Uma guilda muito antiga que se orgulhava dos seus serviços pois nunca falhavam. Ao seu lado seu irmão mais velho esperava impaciente como sempre, eles estavam vestidos quase iguais. Algumas vezes fingiam serem namorados para confundir os clientes, era engraçado e ambos se divertiam muito com isso. Quando o desconhecido apareceu usando um lenço branco nos bolsos eles se aproximaram dele. [...] A conversa foi curta e eles acertaram o alvo e o valor. Em seguida Alessa negociou a entrada, pois eles nunca faziam um serviço sem ao menos um terço do valor total. Satisfeitos com a negociação saíram dali.

Ir para o topo Ir para baixo
Summer A. Whitethorn
Sonserina
Sonserina
Summer A. Whitethorn


Bicho-papão : Corvo Gigante

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Sonserina
Ano Escolar: 4º Ano
Varinha:

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeSex 26 Jun 2020, 23:13


Devon sabia que o homem que a criou não era seu pai, também sabia recitar ingredientes de poções que nenhuma criança de onze anos deveria saber. Ou talvez, feitiços que nem mesmo tinha uma varinha para executar. Mas ela sabia, mesmo que não tivesse idade, entendimento ou até mesmo, completo domínio sobre o poder mágico que existia em si. Quando menor, descobriu que alguma mutação genética lhe impediu de receber o gene da metamorfomagia, algo que sem dúvidas teria sido útil ao longo dos anos vindouros. Mas não por isso deixou de treinar, estudar e evoluir. Sua vida não teve muito espaço para diversão e isso pode soar cruel, rude ou apenas mecânico, mas era real. O mundo de Devon eram as paredes do quarto azul, os livros da biblioteca empoeirada ou o laboratório que era como um lugar que conhecia bem, onde recebia suas doses de poções fortificantes.

Algo estava no entanto, mudando na dinâmica do ambiente onde cresceu e soube o que era, quando este apresentou para ela sua próxima missão, identidade e futuro. Claro que ela sabia que as coisas não seriam fáceis, sabia que era fruto de artes das trevas e mesmo que não compreendesse completamente o quanto isso afetava sua vida e futuro, compreendia que ser discreta era necessário. Foi então que veio “a conversa”, sem muitas explicações, mas com o necessário, iria para a escola, teria sua varinha, mas teria que se passar por uma das crianças normais, não era completamente igual as gêmeas, tinha mais de uma, do que de outra, mas não sabiam ainda qual. Era mais nova e se visse as meninas, deveria agir com naturalidade. Devon concordou e aceitou o diário com sua próxima tarefa: Se tornar uma versão dócil e agradável menina ácida que tinha seu rosto, mas mais ainda, se tornar tão perigosa quanto ela.


[Postagem se passando na casa de Devon, localização não informada devido a feitiço do Fiel Segredo]

Ir para o topo Ir para baixo
Summer A. Whitethorn
Sonserina
Sonserina
Summer A. Whitethorn


Bicho-papão : Corvo Gigante

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Sonserina
Ano Escolar: 4º Ano
Varinha:

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeSab 27 Jun 2020, 00:22


Quando os uniformes e os livros chegaram a menina estava em seu quarto, ouvindo músicas que não agradavam ao seu tutor, mas que ele aceitava como um pequeno ato de sua personalidade. Ela ouvia bandas antigas, sons que já não eram mais apreciados, de fitas, jamais cds ou aquelas geringonças brilhantes que os trouxas carregavam, seu autêntico toca fitas era tão velho quanto o "doutor". A menina ouvia o som deitada na cama e mal sabia os preparativos que vinham sendo feitos, cresceu sem saber o que era o toque de um abraço, mas sabia de cór o que o velho vocalista há muito já morto cantava, seu mundo era recheado de agulhas, testes, pouco espaço para algo bonito, mas engane-se quem acredita que ela precisa de uma salvação. Fingia ser rasa e assim conquistava presas para o projeto, era caçadora nata, mesmo sem uso de Varinha, de animais que eram estudados apenas em colégios bruxos. Tudo fruto de um treinamento, mas as regras estavam mudando e a prova disso, estava no uniforme que chegará.

Devon não sabia, mas teria que lutar com sentimentos, frustrações, dores e mais: com o inesperado encontro que o destino lhe preparava. As velhas parcas fiavam em ouro um caminho intrincado para ela, dentro do inesperado, fora dos trilhos convencionais e mais ainda, pronto para lhe ser traiçoeiro no menor dos descuidos. Mas nada disso a menina sabia, por agora ela apenas estava ali, deitada em seu quarto azul, ouvindo a voz de um velho ruivo ressoar pela fita gasta que levava o som aos seus fones.


[Postagem atemporal se passando no quarto de Devon, localização não identificada devido a uso do fiel segredo]



Take me down into your paradise
Don't be scared, we're cool for the Summer
Ir para o topo Ir para baixo
Summer A. Whitethorn
Sonserina
Sonserina
Summer A. Whitethorn


Bicho-papão : Corvo Gigante

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Sonserina
Ano Escolar: 4º Ano
Varinha:

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeQua 15 Jul 2020, 18:29


A noite ia fria e os ventos soavam pela janela, no quarto escurecido pela madrugada a garotinha de olhos azuis intenso e cabelos enegrecidos como a noite lá fora sussurrava um mantra tentando adormecer. Seus medos sempre eram escondidos para que a mesma não sofresse nas mãos de seu responsável, mas sabia que contanto que se mantivesse longe do problema, não teria porquê temer a nada. Principalmente, porque ele a iria proteger. Mas algo, uma sensação estranha, parecia consumir sua alma, um alerta de que alguém os estava vigiando, de que não estavam seguros e mais, de que algo ruim viria acontecer.

Com os olhos tremendo a cada trovoada, a menina se manteve quieta. Não moveu um músculo e não levantou-se de forma alguma. Conquistaria aquele medo, como conquistou os outros. Ainda que o corvo dos pesadelos lhe fizesse querer gritar, venceria. Aprendeu a lutar e já não teme mais ser sequestrada, aprendeu a matar e já sabia o principal no momento - como se manter longe das pessoas ruins. Venceria mais este medo, cresceria mais esta etapa e quando chegasse o momento, tomaria o que lhe era seu por direito. Ainda que isso lhe custasse algumas coisas no caminho. Foi com os pensamentos fixos num futuro, que sua mente se entregou a Morpheus, caindo em um sono profundo que pela primeira vez em semanas, foi calmo e sem sonhos.

[Postagem atemporal se passando no quarto de Devon, localização não identificada devido a uso do fiel segredo]

Ir para o topo Ir para baixo
Cahira Basro Waiãpi

avatar


Bicho-papão : Mapinguari

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Castelobruxo (Brasil)
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha:

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeSeg 20 Jul 2020, 18:51


Safira não compreendia bem por que estava dando um passeio com a supervisora do internato numa manhã de sábado que normalmente era usada para os estudos extras de física. Não, ela não estava achando ruim o passeio, mas não conseguia relaxar, nem mesmo quando a mulher lhe pagou um sorvete. Junto da supervisora, Safira visitou algumas lojas buscando encomendas previamente feitas pela mais velha e depois de ajudar a colocar tudo no carro dela, no porta-malas, não aguentou e falou: — Por que me trouxe até aqui? — Sua voz soou baixa, temia obter uma resposta desagradável. A supervisora, Sra. Green, deu um longo suspiro e colocou a mão no ombro da menina. A notícia bofeteou-a de tal modo que sentiu a cor se esvair da face. Acabara de saber que os pais estavam mortos, aniquilados na Síria em um bombardeio. — Quê... — Os olhos azuis de Safira lacrimejaram, ela se desvencilhou do toque de Green com pressa. Após alguns minutos de insistência, a supervisora conseguiu colocar Safira no carro e passar o cinto. Em seguida saíram dali de volta para o internato.
Ir para o topo Ir para baixo
Dawn Evangeline Crywolf
Grifinória
Grifinória
Dawn Evangeline Crywolf



Perfil Bruxo
Escola/Casa: Grifinória
Ano Escolar: 3º Ano
Varinha: Cerda de Acromântula, Nogueira-Negra, 27cm, Inflexível

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeTer 28 Jul 2020, 11:18


  Já era normal Dawn passar por aquela ponte na maioria de seus dias, porém de noite, vendo ao vivo as luzes ao redor da mesma, era completamente diferente. Sua mãe tinha feito questão de esperar o dia começar a escurecer para mostrá-la e aquilo a deixou feliz. Rapidamente ela pediu que a mãe tirasse algumas fotos dela, que depois usaria para publicar em suas redes sociais... sim, os bruxos estavam mais tecnológicos e isso era bom, por um lado. Dawn tirou cerca de quinze fotos, confesso, caro leitor, mas de qualquer maneira foram fotos ótimas e que ela só chegou a publicar duas. Logo ela deixou o local com sua mãe, mas bastante satisfeita pelo dia.



Ir para o topo Ir para baixo
Zara Ohlweiler Zarek
Sonserina
Sonserina
Zara Ohlweiler Zarek


Bicho-papão : Harpia

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Sonserina
Ano Escolar: 5º Ano
Varinha:

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeDom 02 Ago 2020, 22:00


Férias são sempre tempo de renovação e era exatamente isso que eu estava vivendo ali. Primeiro aproveitei os dias para mudar o visual um pouco, cabelo parecia sempre melhorar meu humor e minha prima estava ensinando algumas coisas sobre maquiagem também. Com meu pai envolvido com a resistência ministerial e nós escondidos em segredo na Irlanda, meu tempo livre estava sendo bem gasto em ficar fora do radar, curtir as férias e aprender coisas novas. Algumas lembranças ainda doíam, mas a verdade é essa, para sobreviver, precisamos nos reinventar.  "Doze anos e já tenho a filosofia de gente velha", balancei a cabeça terminando o sorvete e atravessando a ponte, minha casa estava do outro lado então a caminhada não foi longa, mais um dia se ia e eu não sei se estava pronta para voltar estudar.


Post atemporal


love, Zara
Ir para o topo Ir para baixo
Summer A. Whitethorn
Sonserina
Sonserina
Summer A. Whitethorn


Bicho-papão : Corvo Gigante

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Sonserina
Ano Escolar: 4º Ano
Varinha:

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeQui 13 Ago 2020, 16:46


Devon sabia que sair era contra as regras, mas estava entediada de ficar trancafiada dentro de casa enquanto esperava o pai tomar as decisões de seu ano escolar. A menina claramente não chamava ele de "pai" em casa, ela apenas o chamava de 'mestre' ou 'senhor', mas pelo bem das aparências, chamaria ele de pai na despedida para a escola. Se suas suspeitas estivessem corretas, baseado em tudo que via seu ‘pai’ preparando, ela encontraria com a tal “garota” na escola, mas a menina seria mais velha, bem como a irmã dela ”Com qual delas eu sou parecida…?”às vezes tal pensamento tomava a mente da menina. Deixou o local em direção a casa, havia abusado bastante de sua sorte e era momento de retornar enfim.
Ir para o topo Ir para baixo
Hella Nottingham Krochan
Sonserina
Sonserina
Hella Nottingham Krochan


Bicho-papão : Palhaços

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Sonserina
Ano Escolar: 4º Ano
Varinha:

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeSeg 21 Set 2020, 23:00

Levou um tempo para todo mundo entender que não, eu não queria mesmo uma festa de aniversário e mais, eu estava realmente bem. O ponto de virada na vida de uma criança em família bruxa é o momento de ir para a escola, comprar a varinha e o primeiro caldeirão, o meu ponto? Era querer pegar as bolinhas de gude dos meninos na rua e continuar brincando, mesmo que na verdade eu não pudesse mais. O ponto agora era viver de pequenos momentos, como este, sozinha em um lugar, vendo adultos ao redor e fingindo apenas estar de passagem. Pequenas boas memórias e me apegar a cada uma delas. No fim, eu apenas saio dali, como se nada tivesse acontecido.



HELLA NOTTINGHAM KROCHAN
Ir para o topo Ir para baixo
Erin Lockwood Harmune
Corvinal
Corvinal
Erin Lockwood Harmune



Perfil Bruxo
Escola/Casa:
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha: Presa de Vampiro, Loureiro, 30cm, Inflexível.

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeDom 11 Out 2020, 02:43

  Para Erin era estranho frequentar aquele local sem seus antigos amigos de bairro, pois sempre frequentava a ponte com eles. Poucas vezes usou o local para levar alguma namorada ou paquera e por isso quase não tinha lembranças de tais ocorridos amorosos... a não ser uma namorada em específico. Mas naquele momento, seu único pensamento era o quanto havia mudado e o quanto seus amigos já haviam evoluído desde jovens, cada um se mudando do local e indo para algum lugar comercial da grã-bretanha, na maioria das vezes a Inglaterra. Ele se perguntava se fazia o certo insistir na Irlanda, mesmo que não tivesse algo para que ficar. Pelo contrário, tinha motivos de sobra para ir a outro lugar. Pensativo, Erin deixou para trás somente suas reflexões pessoais e autocríticas.

Off: Erin deixou o local.

Ir para o topo Ir para baixo
Convidado
Convidado
avatar



Perfil Bruxo
Escola/Casa:
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha:

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeSeg 01 Fev 2021, 01:12

Depois de ter deixado o Odeon Bar & Grill sentindo-se muito bem alimentado — Hugo havia solicitado ao garçom o prato com deliciosos vegetais grelhados e uma massa penne em molho de tomate, espinafre e parmesão, mais uma bebida não-alcoólicas, e por pouco não precisou confundir o atendente, uma vez que o valor do serviço quase excedeu a quantia de dinheiro trouxa que levava consigo —, o homem decidiu caminhar um pouco antes de se dirigir ao sei destino final. O clima estava agradável: não fazia tanto frio e tampouco chovia, embora não tenha se livrado do seu casaco em nenhum momento. Foi só quando a sua caminhada atingiu uma ponte de ferro que decidiu que era hora de procurar outro táxi. Assim que obteve sucesso, deixou o local.
Ir para o topo Ir para baixo
Summer A. Whitethorn
Sonserina
Sonserina
Summer A. Whitethorn


Bicho-papão : Corvo Gigante

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Sonserina
Ano Escolar: 4º Ano
Varinha:

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeQua 26 Maio 2021, 06:56



Devon sabia que estava entrando em um novo território quando lhe contaram da mudança, deixar sua terra Natal não era fácil, mas mais difícil ainda era se adaptar ao local que só fazia a menina sentir saudades da cidade pequena no Tennessee onde ela cresceu. Soltou um suspiro ao olhar para o movimento local, não era dos maiores mas era constante e mais intenso do que numa terra onde o vendedor da lojinha de doces era também dono do único mercadinho e o prefeito era alguém que tomava café na mesma lanchonete que o velhinho que cuidava dos jardins públicos e o coveiro. Abraçou a si mesma caminhando para distância do local e indo na direção que vinha aprendendo a chamar de "caminho de casa"


Ir para o topo Ir para baixo
Rosalie Belmonte Zarek
Sonserina
Sonserina
Rosalie Belmonte Zarek


Bicho-papão : Fogo

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Sonserina
Ano Escolar: 5º Ano
Varinha: Pena de Fênix, Cerejeira, 30 cm, Quebradiça

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeDom 11 Jul 2021, 18:16

Decisões
Henry estava começando a procurar alguma casa, e algum imóvel para morar, sabia como era complicado ir para um mundo que tinha pouco conhecimento, apenas lembranças, já que apenas estudou, e agora desejava trabalhar. O mesmo estava com sua moto tentando encontrar um lugar bom para passar um pouco o cansaço, já que Henry trabalhava bem como médico, e agora esperava um dia poder juntar toda a grana que pudesse para viver no mundo bruxo. Henry estava com uma certa gripe que o deixava um pouco desanimado e triste, e tentava além de procurar uma farmácia algum lugar para poder usar seu conhecimento médico, esse era seu trabalho, e acreditava que no mundo bruxo seria igual. Sempre achou que tanto o mundo bruxo como o mundo trouxa não eram diferentes, apenas um era mais excêntrico que o outro. O jovem sonserino, agora queria descansar, e esperar alguma carta de algum amigo lhe dizendo que lugar seria adequado de morar e trabalhar. Era complicado dizer sobre o misto de emoções, mas com certeza tinha certeza que voltar para sua adolescência era a escolha certa.
"




16 anos
5º ano
Sonserina
Rosalie Belmonte Zarek
É possível encontrar a felicidade mesmo nas horas mais sombrias, se lembrar de acender a luz
Ir para o topo Ir para baixo
Cassie Haraldsen Beoulve
Jogador do Time da Corvinal
Jogador do Time da Corvinal
Cassie Haraldsen Beoulve


Bicho-papão : Entidades malignas ou animais em sofrimento

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Corvinal
Ano Escolar: 3º Ano
Varinha: Chifre de Basilisco, Abeto, 28 cm, Inflexível

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeTer 10 Ago 2021, 14:00

Não era o lugar mais bonito, mas confesso já ter estado em outros bem piores. - Um algodão doce, por favor. - Pedi o homem no carrinho que prontamente me atendeu, entregando o doce pelo palito. Agradeci, entreguei o dinheiro e saí caminhando pela calçada ao lado da ponte branca que um dia foi famosa pelos inúmeros cadeados pendurados por casais. - É ridículo, por que as pessoas acham que prender cadeados aqui vai solucionar problemas de relacionamento? - Parecia que eu estava falando sozinha, mas na real meu furão estava escondido no bolso da minha jaqueta e ele conseguia me entender. "Bem, os humanos são esquisitos. Nem tende entender ou vai ter dores de cabeça". Rigby tinha razão. Segui comendo meu algodão doce, caminhando pela extensão da ponte e deixando o local minutos depois.


13 anos
3º ano
Anicôncia
Cassiopeia Haraldsen Beoulve
Ir para o topo Ir para baixo
Sagittarius Z. Flamming
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
Sagittarius Z. Flamming


Bicho-papão : Cobras

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha: Pelo de Lobisomem, Cedro, 33 cm, Inflexível

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeSex 29 Out 2021, 00:04

Parte do cotovelo alvo de Sagittarius encontrava-se parcialmente fora dos limites do caminhão de mudanças, bem como as íris castanhas que eventualmente entravam em transe com a paisagem que corria do lado de fora das janelas do grande automóvel - estava longe, disperso, sem saber o que sentir em relação a situação que se estendia e seria uma parte extremamente importante de sua vida; agora era um morador da capital da Irlanda, Dublin. — Não consigo prever se isso vai ser fácil ou não… — Abandonando seu rotineiro otimismo, Flamming proferiu à figura masculina e paterna ao seu lado no banco de motorista. Referia-se a placa de “vendido” estampada na fachada da casa predominantemente azul-bebê, a cor favorita de sua mãe.

Agora eu literalmente tenho um total de zero amigos na cidade, mas veja pelo lado bom, vocês não tem mais uma desculpa válida para não me darem um animal de estimação. — O moreno retrucou ao mais velho ao se permitir rolar as íris castanhas pelo lugar, notando que a propriedade era duas vezes maior que a sua antiga casa em Limerick, onde nasceu e cresceu até então. Sagittarius gostava de pensar que era o tipo de pessoa que abraçava as eventualidades da vida com facilidade, mas talvez ainda não estivesse pronto para abandonar o ninho - mesmo que seus pais ainda estivessem por perto.

atemporal, nos arredores da ponte


sagittarius zephyr — My philosophy is if you worry, you suffer twice.
Ir para o topo Ir para baixo
Sagittarius Z. Flamming
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
Sagittarius Z. Flamming


Bicho-papão : Cobras

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha: Pelo de Lobisomem, Cedro, 33 cm, Inflexível

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeSex 29 Out 2021, 00:23

Se não estivesse tão atrasado em suas aulas de Geografia, Sagittarius podia falar com certeza que a distância entre Limerick e Dublin não passava de trezentos quilômetros completos - entretanto, depois de alguns dias como morador da capital, o moreno tinha a impressão de que agora morava do outro lado do país. Não ousava levantar tal questão perto do genitor, um cientista para lá de cético, mas a cidade não possuía uma “aura” agradável. Até mesmo os animais locais, principalmente os pássaros, pareciam se comportarem de maneira estranha - suspeita.

Diferente das persianas que agora sustentava entre os dedos alvos, os olhos de Flamming encontravam-se semicerrados - encarava uma coruja taciturna do outro lado da rua, começando silenciosamente uma disputa entre quem era mais estranho naquele cenário: a coruja ou o próprio. — Alguém desta cidade deveria alterar a página do Google da cidade e comentar que no centro existem tantas corujas quanto cachorros… O que não é nada estranho, certamente. — Comentou ao deixar que os dedos permitissem que as persianas voltassem ao seu estado normal: completamente fechadas para que não implicasse com as corujas do bairro, que pareciam se multiplicar um pouco mais todos os dias.

atemporal, nos arredores da ponte


sagittarius zephyr — My philosophy is if you worry, you suffer twice.
Ir para o topo Ir para baixo
Thomas Bürckle Donati
Funcionários
Funcionários
Thomas Bürckle Donati



Perfil Bruxo
Escola/Casa: Sonserina
Ano Escolar: Concluído
Varinha: Pluma de Basilisco, Videira, 28cm, Flexível.

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeQui 25 Nov 2021, 21:47


.
Claro que quem acha que encontrar duas pessoas iguais a você é tarefa fácil, não tem um irmão gêmeo, ou como eu, dois. Ao longo dos anos escolares, era realmente mais prático um encontrar o outro, mas depois disso? A dificuldade veio com as carreiras diferentes, rumos escolhidos e claro, mesmo quando estávamos todos no mesmo lugar, as manias e gostos diferentes. Trenton devia estar enchendo a cara em algum canto, já Taylor com certeza estava ajudando, mas não sei se ele mesmo estaria bebendo algo. Vi um bar do outro lado e atravessei sem muita pressa, tirando a franja do olho e analisando bem a multidão, vi o rosto devastado de Trent e soube exatamente o que acontecia, entrei no lugar, deixando as ruas para trás.


THOMAS BÜRCKLE DONATI
 ...

Ir para o topo Ir para baixo
Ceci Donahue Sullivan
Grifinória
Grifinória
Ceci Donahue Sullivan


Bicho-papão : Bicho-papão

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Grifinória
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha: Pelo de Seminviso, Corniso, 28 cm, Inflexível

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeSeg 06 Dez 2021, 08:47

A menina olhou para o céu azul e questionou o pai que seguia pela ponte segurando sua mão: — Pai, por que a maioria dos pássaros só voa durante o dia? — Era uma pergunta aparentemente tosca, mas David sabia que se respondesse a menina trataria de fazer novas perguntas, cada vez mais profundas e complexas, então ele apenas deu uma risada e disse que era porque a maioria das aves eram espécies diurnas, que inclusive se tornavam presas de outros animais durante a noite. Ceci assentiu, fingindo contentamento com a resposta simplória, e desviou o olhar para a água do rio que corria debaixo da ponte. Ceci tinha um pouco de medo de água, por isso apertou com mais força a mão do pai e puxou conversa, agora sobre outra coisa. — Podemos tomar sorvete depois da sua reunião? Hoje é um dia de verão e verão combina com sorvete. — Sorriu quando o pai concordou com o pedido e juntos atravessaram a ponte para o outro lado da cidade. Ceci não se encontra mais no local.
Ir para o topo Ir para baixo
Rodolphus Golds Corse
Procurados
Procurados
Rodolphus Golds Corse



Perfil Bruxo
Escola/Casa: Não possui
Ano Escolar: Concluído
Varinha: Pelo da Cauda de Testrálio, Carvalho, 27 cm, Quebradiça

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeSeg 13 Dez 2021, 13:44


A chegada



 Rumpell e os dois brutamontes aparataram naquela ponte. Foi uma viagem muito difícil, desde que Rumpell matou aquele alquimista na França, sua cabeça passou a valer uma fortuna incontável em Galeões. Mas era um risco necessário que ele teve que passar. O livro de anotações do velho era extremamente importante para seus novos planos. Ele começou a andar, atravessando a ponte devagar, pensando em onde seria seu novo covil, como um mestiço, meio bruxo e meio megera, ele não poderia morar em um lugar comum como os outros bruxos. Em Paris ele possuía um pequeno abrigo em Quartier Latin, mas depois da morte do alquimista ele juntou tudo que tinha de mais importante lá, jogou tudo em algumas malas e foi embora. O dia ainda estava por amanhecer, os brutamontes o acompanhavam em passos lentos carregando as malas do fugitivo e possuiam na cintura facas longas. Eles foram essenciais para a fuga da França, fora o fato deles terem ateado fogo no antigo covil de Rumpell para supor sua morte. 

Rumpel chegou do outro lado da ponte e se virou. Os capangas pararam de andar e ficaram olhando para ele. – Muito bem meus queridos! Conseguimos escapar de toda a França. Graças a vocês eu estou de volta na Grã-Bretanha. Preciso dar continuidade nos meus planos. Vocês foram contratados para me trazerem de volta em segurança, e muito bem! Conseguiram! Vamos para o mais desejado: O pagamento. Forjaram a minha morte e por enquanto ninguém pode saber que ela foi armada. Então aqui vai o pagamento – Nesse momento Rumpell abriu uma das malas que até então estava com um dos capangas. Quando o meio megera tirou de dentro da mala as mãos cheias de um pó preto, os dois homens se desesperaram e colocaram a mão na bainha para puxar a espada. O ar ficou poluido pelo Pó Escurecedor Instantâneo do Peru. Sem um pingo de coragem, Rumpell se afastou das tentativas dos dois brutos de lhe ferir com as lâminas. – Avada Kedavra! Avada Kedavra! Avada Kedavra! –  Uma rajada verde atrás da outra saia da varinha do meio megera. Os raios esverdeados iluminavam por alguns segundos a ponte, isso ajudava Rumpell a enxergar para onde estava atirando a maldição.Um dos capangas acertou a faca perto do ombro do meio megera. Uma dor invadiu o ferrimento de Rumpell, ao mesmo tempo em que o sangue escapava molhando as vestes dele. – Sectumsempra! – O jorro de luz foi certeiro. Um corte se abriu do ombro direito até o umbigo de um dos brutamonte, ele caiu de joelho, seu sangue saia de dentro do corte como uma torneira e  se espalhava no chão. – Seu maldito! Canalha, trapaceiro! – O outro capanga correu na direção de Rumpell, com as duas mãos erguidas no ar, segurando a faca – Avada Kedavra – Sem cerimônias o feitiço atingiu o homem no meio do peito e ele perdeu a velocidade da corrida e caiu no chão, completamente morto. Rumpell usou alguns feitiços para parar de sangrar e outros para ajudar a cicatrizar mais rápido.– Ceruleanous – Pronunciou em voz baixa Rumpell apontando a varinha para o céu. Precisando agir antes do amanhecer, ele guardou a varinha e foi em direção a um dos corpos.  Vasculhou os bolsos tentando achar algo de útil. Nada. Sem utilidade para o cadáver do homem, ele o arrastou até a beira da ponte e o jogou para baixo. Depois de ouvir um suave barulho da água, foi até o outro e nem perdeu tempo vasculhando os bolsos, apenas o jogou também na água. 

A pequena chuva que tinha criado lavou totalmente o sangue do chão. Rumpell sacou a varinha e pronunciou – meteolojinx recanto –  a chuva parou. Totalmente satisfeito, o meio megera pegou suas malas e começou a andar. –  Ninguém podia saber, ninguém. –  Assumia ele para si mesmo já distante dali.

.


assinaturas são para os fracos
ou para offs inteligente
Ir para o topo Ir para baixo
Morgan Rowan Chandler
Sonserina
Sonserina
Morgan Rowan Chandler



Perfil Bruxo
Escola/Casa:
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha: Pelo de Seminviso, Choupo-Branco, 30 cm, Flexível

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeSex 17 Dez 2021, 18:41



Meu cabelo finalmente estava grande como eu queria, não muito comprido para atrapalhar, e nem curto que não permitia nenhum penteado decente. Eu estava me sentindo na medida em muitos aspectos e principalmente, com relação às mudanças que viriam nos próximos meses. Hogwarts. Aquilo não seria uma viagem simples e a mudança era para meu próprio bem, mas ainda assim, mexia com meus nervos deixar para trás muito do que conheci até aqui para viver um mundo completamente novo. Mas como meu próprio pai disse “Era hora de desvendar novos mundos e quem sabe, apresentar as maravilhas culinárias que ele me ensinou para os bruxos”. Puxei a mala pelo braço e subi em direção ao ponto de encontro, afinal, agora eu entraria no matriarcado Donati.


Ir para o topo Ir para baixo
Faye Gebühr Wichbest
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Faye Gebühr Wichbest


Patrono : Coywolf
Bicho-papão : Enlouquecer

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Corvinal
Ano Escolar: Formado
Varinha: Pelo de Rabo de Testrálio, Carvalho, 26cm, Inflexível.

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeDom 02 Jan 2022, 20:47

[Inversion - 2] - Captivity
Aquilo era bem desagradável, carregar um bêbado. Faye certamente preferia estar usando uma echarpe em volta do pescoço, mas em vez disso estava com o braço de James, o atual bêbado, no lugar. Péssimo. As ruas de Dublin não estavam muito cheias, a madrugada estava começando, Faye conseguiu segurar James no bar o máximo que pode. Agora, ela estava caminhando com ele pelas ruas, segurando-o para que não caísse no chão em meio ao seu cambalear. Ele também não calava a boca, cantando várias músicas como se estivesse num karaokê. Se eu soubesse que isso dava tanto trabalho. Faye pensou, xingando o além de inúmeras formas pelos seus pensamentos. Ao menos, ela conseguiu o que queria, embebedou James enquanto ela se manteve sóbria, apesar de também ter tomado boas doses. Faye sempre foi muito boa no Whiskey. Em alguns minutos de caminhada, a mulher chegou onde queria chegar, a Ponte Ha'penny. No momento, ela se encontrava vazia. A verdade era que Faye poderia fazer o que iria fazer em qualquer beco, seria até mais seguro, mas ela queria visitar a ponte. Quando mais jovem, seu pai gostava de visitá-la, contando histórias sobre como aquele lugar foi onde ele e sua mãe passaram ótimos momentos juntos. Ainda criança, Faye não controlava sua empatia, então sempre sentia o amor do pai sair dele e chegar nela. O resultado: Faye acabou se apegando à ponte, mesmo que, quando jovem, ela não compreendesse o sentimento de amor conjugal. Sempre que tinha oportunidades, Faye iria visitar a ponte, mesmo que fosse para cometer o ato que cometeria naquele momento.

- James, segura aqui. - Faye pediu para o homem, apoiando ele nas grades que cercavam a ponte. E não caia para o outro lado, por favor. Seria um péssimo contratempo caso James acabasse cambaleando para lá das grades e caísse no rio, felizmente ele parecia pender mais para o lado da terra firme. Faye sacou a sua varinha e apontou para o homem, olhando para os lados mais uma vez só para garantir que não tinha mais ninguém no local. James percebeu a varinha apontada, é claro, mas estava bêbado demais para conseguir pegar a sua ou sequer revidar de alguma forma. A mulher fez um desenho em espiral com a sua varinha enquanto pronunciava o feitiço. - Hypnus. - E com isso, o corpo de James caiu no chão, escorregando pelas grades da ponte. Faye respirou fundo, observando o homem dormindo. - Eu não acredito que eu fiz isso. - Ela comentou com si mesma. Era tudo muito surreal, Faye estava acostumada a ser a sequestrada e não a pessoa que sequestra. No que ela estava se transformando? Eu não vou fazer nada com ele de verdade. Ela pensou, se consolando mais uma vez. Tudo aquilo era apenas uma medida para conseguir cumprir sua parte do acordo, levar James até a sua estufa de forma que ele pudesse pegar o que quisesse pegar. Faye chutou de leve o corpo de James para ter certeza de que ele estava dormindo, observando o homem não se mexer. Estando bêbado, era possível que ele fosse dormir bastante mesmo. Agora Faye só tinha que levá-lo para a próxima parada.

- Mobilicorpus. - Faye falou apontando para James, o corpo dele levantou-se a poucos centímetros do chão. Dessa forma, carregando o homem, Faye começou a andar pelas vazias ruas de Dublin em busca do hotel que tinha reservado quando o avião tinha pousado. O tempo todo Faye andava com cautela, pois se alguém a visse levitando um corpo, iria dar muito ruim. O seu coração batia rápido, dado o fato de que ela nunca tinha feito uma coisa daquelas antes. Eu não entendo como algumas pessoas tem tanto sangue frio para fazer algo do gênero. Ela não parava de pensar, porque Faye estava uma verdadeira pilha de nervos. Em alguns minutos, ela observou o hotel de longe. Seus olhos percorreram os arredores do local, ela encontrou uma viela entre duas casas, foi onde deixou o corpo de James. Depois disso, ela entrou no hotel e fez o check in normalmente. Subiu no quarto e deixou a luz do mesmo acesa antes de sair. - Desilusionar. - Ela murmurou apontando para si mesma. Eu deveria ter feito isso desde o princípio. Talvez fosse por isso que Faye estivesse tão nervosa, ela ainda era uma amadora na arte de cometer crimes. Faye retornou até a viela e encontrou James ainda desacordado. Sem muito demorar, ela começou a trabalhar, usou o Conjurius Army para conjurar um lençol, seguido do Mobilicorpus para colocar James em cima do mesmo. Depois disso, ela começou a amarrar o lençol em várias posições, de forma a deixar James numa espécie de casulo. O tempo todo ela olhava para trás com medo de ser flagrada, por mais que ela estivesse sob efeito do feitiço da desilusão. Ninguém apareceu, as ruas de Dublin permaneciam vazias na madrugada.

Depois de arrumar tudo, Faye apontou a varinha para o lençol. - Wingardium Leviosa. - Dessa forma, ela conseguiu levitar o lençol e, junto com ele, o corpo de James em sono profundo. Dada a madrugada, a janela de Faye era a única que estava com a luz acessa no hotel, então ela levitou o corpo de James até conseguir alcançar a janela, depositando ele dentro do quarto. Provavelmente ele caiu de mal jeito lá em cima dada a falta de controle de Faye uma vez que ela tenha perdido a visão sobre ele, mas o importante é que ele foi levitado até o quarto sem ninguém ver. Depois disso, Faye voltou ao quarto de hotel e, uma vez dentro do mesmo, desfez o feitiço da desilusão que estava em si. Ela encontrou James jogado no chão próximo a janela, enrolado no lençol. Ela desenrolou ele do casulo de pano e colocou-o na única cadeira presente no quarto. Em seguida, conjurou cordas para amarrar os braços dele atrás da cadeira, além das pernas também. Depois disso, Faye apenas ficou encarando James ainda dormindo na cadeira, tentando lidar com o fato de que ela tinha mesmo feito isso, ela sequestrou uma pessoa. Faye já não se encontrava mais na Ponte Ha'penny.
Where did the plan go


So embrace the darkness / and I will help you see / that you can be limitless and fearless / if you follow me
Faye Zayas Gebühr Fallen Wichbest
Ir para o topo Ir para baixo
Eros Casterly Kalitch
Comerciante
Comerciante
Eros Casterly Kalitch


Bicho-papão : Tentáculos gigantes

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Grifinória
Ano Escolar: Concluído
Varinha: Pluma de Basilisco, Loureiro, 31cm, Inflexível.

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeSab 15 Jan 2022, 00:35


Eu finalmente havia chegado na Irlanda após uma longa jornada, que começou em Mag Mell e passou por um bom pedaço da Escócia. Eu trazia comigo apenas uma mochila com alguns pertences e um punhado de dinheiro bruxo. Era tudo que me restava dos anos que passei na ilha, sobrevivendo da sua natureza e, mais tarde, de um trabalho retomado com a Madame Starry. Ainda me perguntava se a velha tinha previsto tudo isso quando me dispensou para cumprir a minha missão, seja ela qual for. Havia estado tanto tempo fora de casa que talvez não pudesse mais me acostumar com a vida de conforto. E pensar que eu já estive completamente à vontade em dormir sobre palha, no gramado de um acampamento nas montanhas. Enquanto divagava sobre toda essa vida, que parecia ter sido há tanto tempo atrás, passava por cima da ponte e observava o leito do rio. Era tão mais bonito na ilha. O silêncio, o cheiro, a brisa… eu sentiria falta, mesmo que não quisesse admitir. No entanto, nunca fui pássaro engaiolado. Ajeitei a mochila no ombro, respirei fundo uma vez mais e segui caminho para casa, saindo dali.

•dublin | with: myself | restart•














Run away with me
Lost souls in revelry
Running wild and running free
Two kids, you and me (hey)

Renegades
Ir para o topo Ir para baixo
Eros Casterly Kalitch
Comerciante
Comerciante
Eros Casterly Kalitch


Bicho-papão : Tentáculos gigantes

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Grifinória
Ano Escolar: Concluído
Varinha: Pluma de Basilisco, Loureiro, 31cm, Inflexível.

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeSab 12 Mar 2022, 22:14


Eu saí do bar com um copo plástico cheio de cerveja irlandesa e fui perambulando pela rua enquanto apreciava o sabor inigualável. Aquela falta de rumo me trazia memórias da ilha de Mag Mell; o acampamento nas montanhas. Quando todas as tarefas do dia já estavam feitas, e nós podíamos descansar, sabendo que os reservatórios de água e comida estavam cheios, eu não me deitava junto com os outros, mas sim ia caminhar pela floresta da encosta. As trilhas que eu conhecia, como as linhas das minhas mãos, eram como aquelas ruas de Dublin. Caminhei pela extensão da Ponte Ha’Penny, parando no meio para admirar o horizonte, bebendo mais alguns goles de cerveja. ― Saudades do mar… ― pensei alto, emendando um suspiro. Vendo aquela água correr por baixo da ponte, não pude deixar de pensar no meu grande sonho. Mais alguns minutos se passaram, nos quais eu terminei a minha bebida. Logo, saí dali, procurando uma lixeira pra jogar fora o copo.

•dublin | with: myself | restart•














Run away with me
Lost souls in revelry
Running wild and running free
Two kids, you and me (hey)

Renegades
Ir para o topo Ir para baixo
Sebastian Bouchard-Dwyer
Sonserina
Sonserina
Sebastian Bouchard-Dwyer



Perfil Bruxo
Escola/Casa: Sonserina
Ano Escolar: 3º Ano
Varinha: Pelo de Unicórnio, Cipreste, 29 cm, Maleável

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeSex 01 Jul 2022, 21:21

Dwyr sabia muito bem que estava pra lá do seu limite com os pais enquanto implorava pela chance de ir visitar a praça de Godric's Hollow —Mas pai, lá é um lugar histórico, li um livro na biblioteca que falava sobre o monumento e seu significado para nós bruxos — ao que o mais velho, sem cair na conversa do garoto, apenas o encarou e determinou o "não" com mais firmeza. Sebastian então seguiu de volta ao quarto, pisando com cuidado para não soar insolente demais aos mais velhos e nem indignado de menos, de forma que sua petição fosse ignorada. Chegando ao segundo andar da casa, seguiu o corredor até os quartos e entrou para o seu, com o mesmo cuidado ao bater a porta de forma silenciosa. Sentou-se no chão, estrategicamente próximo a janela e com a ajuda de um lápis, levantou a tábua, de onde ele retirou uma caixinha de metal com alguns itens, como pena, tinteiro e papel, materiais que ele usou para escrever a mensagem para sua amiga Cassie. 'De todo modo tentei os convencer a me levar até a praça, mas nada deu certo e ambos estão irredutíveis, algo com minhas notas não estarem boas. O que é absurdo pois tirei as melhores. Bom, é apenas isso. Espero que consiga sair e se divertir, mande fotos! Até, Sebs'.— Eu só quero ver esse papo de nota depois… — guardou a carta, colocaria a coruja para entrega durante a madrugada, a viagem até Cassie não era longa e a pequena coruja albina da família conseguiria fazer o trajeto facilmente mesmo em meio a madrugada. Deixou o quarto e voltou ao convívio com os pais, fingindo ter aceitado a derrota, mas sabendo que ainda tinha muita coisa pela frente.


— Atemporal, casa dos Bouchard-Dwyer



Or Dare?
Truth...
Ir para o topo Ir para baixo
Kael Augustus Eaton
Professor de Hogwarts
Professor de Hogwarts
Kael Augustus Eaton


Bicho-papão : Não voltar a forma humana

Perfil Bruxo
Escola/Casa: Grifinória
Ano Escolar: Formado
Varinha: Pena de Fênix, Nogueira-Negra, 33 cm, Inflexível

The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitimeTer 06 Set 2022, 07:33

]
Kael deveria confiar que seus primos poderiam conter a fera dele. Havia saído de Hogwarts a um dia para se preparar, naqueles meses iniciais até que ele tinha ido muito bem em sua gestão de emoções e conseguido até o momento enganar os alunos. Já que era considerado uma pessoa excêntrica desde o seu primeiro ano. Agora que estavam em uma floresta com um pequeno chalé nela Kael usava roupas velhas, os outros Eaton estavam preparados para não deixar ele sair de vista, tinham até levado correntes para o prender caso fosse necessário. Ele sentou na cama e já colocou uma corrente pesada nas pernas, já sentindo que a noite caia e com ela a lua cheia surgia, era a primeira noite. Ele sentiu todas as dores iniciais, mas essa não era parte ruim para ele que tinha certa tolerância com a dor. A pior parte era perder a sua consciência e não ter mais controle do seu corpo e de sua mente. Depois da dor não havia mais nada, apenas uma fera raivosa louca com o barulho que as correntes faziam, podia sentir o cheiro de pessoas dentro da casa, mas não podia os ver. Lutou com todas as forças para romper as correntes não mágicas, puxou tanto que a madeira onde era presa começaram a ceder. Foi quando os olhos da criatura foram duas figuras a sua frente com a varinha em punho, não podia os reconhecer e só queria os atacar. Em um surto de raiva sua força aumentou um tanto, desse jeito puxando as correntes que saíram da madeira partida e fizeram um coro ao arrastar no chão em direção a Levi e Rowan Eaton. Sentiu a dor e grunhiu ao ser atingindo por um feitiço, mas não era forte o suficiente que apenas o lançou contra a parede, naquela forma podia aguentar mais. Correu para o outro lado cercando os dois. Correntes mágicas corriam atrás da fera que derrubou a porta saíndo floresta a fora, eram tantos cheiros que deixava inebriado e por isso parou de correr um instante. Foi o suficiente para o corpo ser envolvido agora por correntes mágicas. [...] Nos primeiros raios de sol Kael despertou e sentia que um caminhão tinha o atropelado, os Eaton ficaram ali até ele se recuperar e depois saíram para comer alguma coisa.



cold as hell
Yes, we are pond that has dried up A place nobody will come by
Ir para o topo Ir para baixo
Conteúdo patrocinado





The Ha'penny Bridge - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Ha'penny Bridge   The Ha'penny Bridge - Página 5 I_icon_minitime

Ir para o topo Ir para baixo
 
The Ha'penny Bridge
Ir para o topo 
Página 5 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
 :: Ilhas Britânicas :: Ilha da Irlanda-
Ir para: