InícioFAQBuscarPortalMembrosRegistrar-seConectar-se

As aulas estão de volta! Alunos novos, não esqueçam de se inscrever no primeiro ano!
Membros da Sociedade Estudantil, verifiquem suas Caixas de Entrada!
Já conferiu a Interação de Ano Novo? É só clicar aqui e conferir!

Regras das Famílias Pequenas foram atualizadas vejam aqui. Moderadores das famílias, verifiquem suas mps.

Redatores do PD, verifiquem suas caixas de mensagens.

Compartilhe | 
 

 Comunal da lufa-lufa

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 24 ... 42  Seguinte
AutorMensagem
Anna Hool Z. Hoffmeister
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar

Patrono : Lobo Cinzento
Bicho-papão : Solidão

Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 6º Ano
Varinha: Ébano, 27 cm, Quebradiça, Pena de Fênix.

MensagemAssunto: Comunal da lufa-lufa   Seg 18 Fev 2013, 08:22

Relembrando a primeira mensagem :


A KISS OF ANGEL TAKES HIM TO HEIGHTS
the angel face hides a demon
Eu queria férias. Essa podia ser a constatação da noite. Na verdade, eu já havia sido liberada das aulas há bastante tempo, porém não conseguira cruzar o caminho que me separava até a Comunal graças a um grupo de estudos meio secreto que me raptou para a Biblioteca muito antes do jantar. Eu havia sido liberada daquela sessão enfadonha de pesquisas somente alguns minutos antes do toque de recolher se instalar. Ele agora andava bem mais severo e tive que ser acompanhada pela minha prima Milla até a entrada da comunal.

Agora estava aqui eu jogada no sofá com meus braços cruzados resmungando enquanto olhava para a entrada secreta da Badger’s. Sim, eu ainda estava magoada com o que os outros texugos haviam feito. Não acreditar em mim? Era algo que me doía na essência. Raios, tudo bem que eu era uma humorista nata. Mas eu não brincaria com esse tipo de coisa, embora muitos achassem que eu o faria sem nem pensar duas vezes. Eu havia sentido que poucos acreditavam mesmo que parcialmente na minha verdade, o que me deixou um pouco mais esperançosa.

~Se eu juntar provas suficientes... Era uma loucura tentar remontar mesmo que alguns fragmentos da árvore genealógica de Helga, mas eu pdoeria não? Eu sou mestre em loucuras impossíveis então não seria nada demais para minha louca realidade. Procurei por minha mochila entre as almofadas e me levantei, decidida a colocar aquele plano doido em prática. Mas amanhã, porque estava cansada e era hora de sair dali rumo à minha cama.

Template ♥ Nath

_________________
~x~ ~x~ ~x~
Anna Hool Zarek Von Hoffmeister
Eterna Trouble-Maker Animaga Ilegal (Vodka) Played by Anna Quissak
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

AutorMensagem
Luz Perim Queen
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qui 03 Out 2013, 18:41

Cheguei em Hogwarts e fui direto para a sala comunal, tudo que eu mais precisava era arrumar minhas coisas e tomar um banho, estava contando os minutos para a hora do jantar.
Minha gata já andava pela sala reconhecendo sua nova casa, e espalhando pelos negros pelos móveis e cortinas em que se esfregava.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luz Perim Queen
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Sex 04 Out 2013, 12:59

Voltei para a sala comunal, minha gata subiu no meu colo e fiquei afagando-a, ainda precisava me preparar para o início das aulas, mas minha cabeça estava atordoada demais para pensar.
Peguei minha varinha, eu tinha medo até de tocar nela, então era isso, eu era uma bruxa, estava em Hogwarts, e de alguma forma aprenderia a lidar com isso.
Algumas pessoas conversavam a minha volta, mas eu sou tímida demais para puxar assunto, então voltei a acariciar Lisbela e pensar na vida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alexei V. Beoulve
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: Não possui
Varinha: Pelo de Unicórnio, Álamo, 30 cm, Quebradiça.

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Dom 06 Out 2013, 19:07


De uns dois meses para cá, venho ficando cada vez mais sozinha. Não sei se minhas crises de pânico irão voltar, isso pode ser um sinal, mas não posso culpar-me. Tenho passado horas na comunal, lendo ou escrevendo. Minhas duas paixões. Ultimamente tenho pensado em fazer um diário, mas minha paciência é tão pouca e minha vida tão comum que não acho que me renderia boas coisas. Bom, não que ser uma bruxa seja tão comum assim. Me acostumar com essa ideia vai contra todos os princípios católicos que me ensinaram até que eu completei onze anos de idade. Agora estou na sala comunal, jogada em uma posição não tão agradável em cima de uma poltrona e com um livro aberto no colo. Les Miserábles, de Victor Hugo. Soube que uma personagem desse livro tem meu nome, Cosette, e é por isso que decidi lê-lo. De qualquer forma, não tenho muito para fazer, não em um domingo. Mas a ideia de voltar para minha cama e acabar esse capítulo por lá me parece mais acolhedora, por isso levanto e sigo para meu dormitório.

_________________
ALEXEI VLADMIR BEOULVE
WHO THE FUCK WANTS TO DIE ALONE ALL DRIED UP IN THE DESERT SUN?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Richar Fenix
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar

Bicho-papão : Bruxo

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Sex 11 Out 2013, 19:52

                                         Comunal                 Lufa Lufa
 
 

Lentamente dando seus passos curtos até que chegava-se até o centro
do salão de sua comunal lufa lufa e falaria com aluno .
-Olá !
Rapidamente dava seus passos até a lareira de sua comunal e sentaria em
uma poltrona.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lola Devereaux Rewards
Servidores do Ministério da Magia
Servidores do Ministério da Magia
avatar

Bicho-papão : Secretária Sênior - Cooperação Internacional em Magia

Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: Concluído
Varinha: Jacarandá, 19 cm, Quebradiça, Pelo de Barba de Gnomo.

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Sab 12 Out 2013, 04:07


Back to monotony, dear.
IT'S A MAD WORLD, GOTTA MAKE AN ESCAPE

Suspirou uma ou duas vezes abrindo os olhos com uma preguiça incomum, na verdade não tão incomum assim, o que mas fazia era dormir e comer, ou comer e dormir, quem liga pra ordem. Revirou o corpo entre os lençóis, sua gata estava ali a seu encalço.

Por fim foi ao banheiro fez suas necessidades [...] depois de um tempo amarrou seus cabelos em um coque frouxo e se sentou na cama, apanhando um livro e o lendo.




_________________



Lola Chevalier Devereaux Rewards
Secretária Sênior - Departamento de Cooperação Internacional em Magia


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Claudemir da Silva
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar

Bicho-papão : Estudando

Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Sab 12 Out 2013, 10:58

vendo que nao tinha ninguém ali para conversar me sento numa poltrona e fico ali lendo um manga ..........

_________________
EU SEREI O MAIOR BRUXO Q NINGUÉM VIU NESSE MUNDO


CLAUDEMIR DA SILVA

NARRAÇÃO ; VERMELHO
FALA DO PERSONAGEM ; BRANCO
FALADE OUTRO PERSONAGEM ; MARRON
AÇÃO DO PERSONAGEM FEITIÇOS ; VERDE
PENSAMENTO ; LARANJA

LUFA-LUFA ATE A MORTE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Edlyne Dewycksanna
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar

Bicho-papão : amo musica., gosto de cantar e tocar piano e violão e adoro teatro

Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 4º Ano
Varinha: Aveleira, 26 cm, Rígida, Pelo de Unicórnio.

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Dom 13 Out 2013, 17:17

Edlyne se encaminhou para a Sala Comunal da Lufa-Lufa de cabeça baixa e tristonha, parecia querer passar despercebida de alguma forma, ela, que estava tão feliz , se colocava pensativa:


"Não estou tão entusiasmada como no primeiro ano, além da Lufa estar em ultimo lugar na Copa das Casas, esse troca troca de professor esta ficando uma chatice!. Andei faltando muito, algumas aulas só participei de uma aula, mas aqui estou novamente, torcendo para que de uma forma ou de outra a Lufa consiga boa recuperação e que os alunos voltem a se animar com sua estada em Hogwarts, Sinto falta dos meus amigos  e companheiros de turma."


Ela então se sentou em uma adorável e confortável poltrona e tratou por revisar suas anotações.

_________________

       

         king Edlyne Dewycksanna 
      sz  Hogwarts School - 4º Ano - Lufa - Lufa   
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luz Perim Queen
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Seg 14 Out 2013, 19:52

Voltei para a sala comunal, coloquei ração para Lisbela e fiquei sentada num cantinho esperando o tempo passar. Estava tarde, mas eu não tinha sono, várias coisas passavam pela minha cabeça, talvez eu precisasse de um pouco de ar puro.
Tentei não pensar na minha própria solidão, para fazer amigos eu teria que vencer minha timidez, e estava sendo mais difícil do que eu havia imaginado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tommy K. Youngblood
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 00:17

Depois de sair por algum tempo da sala comunal da Lufa eu estava de volta. Depois de entrar na sala eu logo noto uma moça que deveria ter a mesma idade que eu. Como não conhecia ninguém na casa ainda, me aproximei dela e disse:

- Olá. Você é nova também?

Dou um sorriso pequeno para ela.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luz Perim Queen
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 00:27

Ergui os olhos na direção da voz que falava comigo, e dei de cara com um menino bonito e sorridente que me encarava depois de perguntar se eu também era nova.
- Sim. - falei envergonhada, tentando sorrir e parecer simpática, na medida que minha timidez permitia. - Meu nome é Luz. Como se chama? - perguntei tentando manter uma conversa, não iria deixar minha vergonha afastar todas as pessoas do meu redor, eu queria muito fazer amigos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tommy K. Youngblood
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 00:37

A garota era bonita de um jeito que eu nunca tinha visto antes. Seu olhar tinha um brilho imponente, intenso. Quando ouvi seu nome não pude deixar de pensar que ele era perfeito para ela.

Ando tranquilamente até um sofá e digo enquanto aponto o sofá para Luz:
- Eu me chamo Tommy. Tommy Youngblood. Sente-se comigo Luz. Vamos conversar. Você é a primeira pessoa com quem eu falo desde que cheguei.

Encaro a moça feliz esperando por suas palavras.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luz Perim Queen
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 00:44

Inexplicavelmente eu o segui até o sofá, não sei se foi o sorriso simpático dele que simplesmente fez com que eu não travasse como eu costumava travar na presença de pessoas que eu não conhecia, era como um alerta de que eu não precisava ter medo.
- Um menino da Corvinal falou comigo outro dia, mas ele começou a tentar me agarrar e eu fugi. - comentei corando por dizer aquelas palavras, eu nem sabia porque estava contando aquilo para ele, agora vai me achar uma maluca paranoica e sair correndo. - Desculpe, eu não estou muito acostumada a conversar com ninguém além da minha mãe, não sei o que dizer. - confessei sorrindo encabulada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tommy K. Youngblood
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 01:00

Ouvir o que Luz tinha a dizer era interessante e divertido. Ela conseguia me entreter de um jeito inexplicável. Era quase como magia.

Ouvi ela mencionar um rapaz da corvinal que tentou agarrá-la. Aquilo, por alguma razão, me deixou um pouco irritado. Aquilo não era o tipo de coisa que deveria ser feito com ninguém, ainda mais com a Luz. Tentei não deixar que ela percebesse o quanto aquilo me afetou, então eu disse:
- Esses corvinos acham que podem tudo. Você fez muito bem em fugir, Luz, mas não precisa se preocupar, eu não vou fazer o mesmo. Eu sou um bom rapaz.

Dou uma risada do meu próprio comentário e logo pergunto a Luz:
- E então, Luz. Quem escolheu seu nome? Ele é muito bonito e...diferente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luz Perim Queen
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 01:10

Sorri quando ele disse que eu não precisava me preocupar, no fundo, eu já sabia disso. Não sabia se ele gostaria de ouvir a longa história triste por trás do meu nome, então fiz um resumo.
- Minha mãe ficou viúva enquanto estava grávida de mim, escolheu este nome porque dizia que eu era a única luz em sua vida. - expliquei sucintamente.
Ele continuava sorrindo e me olhando com atenção enquanto eu falava, aquilo me deixou menos constrangida.
- Como você descobriu a magia? Isso me deixa tão perdida, porque eu nunca conheci ninguém do lado bruxo da minha família, e até receber a carta de Hogwarts eu só me achava incrivelmente azarada. - perguntei surpresa com minha própria capacidade de conversar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tommy K. Youngblood
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 01:27

Estava tudo indo tão bem, porque eu tinha que estragar tudo? Que dom horripilante era esse que eu tinha para fazer perguntas indevidas. Eu precisava parar com isso imediatamente.
- Desculpe por te fazer lembrar disso. Eu não queria, mas sua mãe tem razão: Você é uma luz!! Uma luz poderosa!!

Eu estava ficando com um pouco de dor nas costas, então resolvi me recostar um pouco no sofá. Ouvi a pergunta de Luz e disse encarando o teto engraçado do salão comunal:
- Bom...quem me falou sobre magia foi minha mãe. Meu pai quase morreu do coração quando soube que minha mãe transformava animais em cálices de água. Sacou? - Dou uma risada do meu comentário e logo continuo - Eu também nunca conheci ninguém da minha família que usasse magia. Ninguém além da minha mãe. Só que ela era muito comedida. Ela evitava usar magia perto de mim. Ela dizia que eu precisava ter minha própria experiência, fazer minhas próprias descobertas e perceber que magia era mais do que uma palavra. Eu nunca fiz nada acontecer, como eles costumam falar que algumas crianças fazem, então, acabei conhecendo a magia aqui, enquanto aluno.

Olhei para Luz e então disse, já inclinando de leve meu corpo para frente:
- Eu acho que você não é azarada não, Luz. Acho que o fato das coisas acontecerem ao seu redor te faz acreditar que é azarada. Eu não acredito em azar. Olha só, dentre tanta gente que poderíamos ter conhecido, nós nos conhecemos e isso pra mim foi mais do que sorte. Está mais para destino. Algo maior, não acha?

Olho com intensidade para Luz enquanto espero sua resposta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luz Perim Queen
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 01:48

Percebi que ele ficou um pouco desconfortável com minha resposta, eu sempre falando coisas que não devia. Podia ter respondido simplesmente que foi minha mãe quem escolheu meu nome. Me perguntei porque eu inventei de contar este fato tão desnecessário em uma primeira conversa, mas como sempre, já era tarde demais.
- Não me fez lembrar de nada ruim, não se preocupe, tudo aconteceu antes que eu tivesse nascido. - comentei tentando sorrir.
Enquanto ele falava dos seus pais, e de sua vida familiar, eu fiquei imaginando como seria ter uma família. No meu caso éramos apenas minha mãe e eu. Neste momento minha gata pulou no meu colo para me lembrar de que também era da família, sorri com aquilo e comecei a fazer cafuné em Lisbela.
- Eu costumava repelir as coisas. - comentei. - Não acontecia toda hora, mas sempre nas piores horas, sabe, uma vez eu fui pegar um copo d'água no pátio da escola, e o copo voou para longe, caí no chão coberta de eletricidade estática com os cabelos em pé. - contei rindo daquilo. - Acho que é meio normal se achar um tanto azarada quando isso acontece algumas vezes com você.
Olhei para ele, seus grandes olhos simpáticos e bonitos pareciam entender exatamente cada palavra do que eu dizia.
- Minha mãe não é bruxa, mas ela percebeu que eu era diferente, e me contou a respeito do meu pai, e da magia. - expliquei. - Hoje não me acho mais azarada, tenho essa herança do meu pai, e isso é uma coisa boa, como se ele estivesse comigo de alguma forma. - suspirei.
- E também acho que conhecer você é muito mais do que sorte. - disse a última frase corando por causa da timidez. - Você é muito legal, poderia estar conversando com qualquer pessoa mais interessante do que eu. O que te fez vir falar comigo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tommy K. Youngblood
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 10:35

Fiquei um pouco mais aliviado por Luz não ter se entristecido com minha pergunta. Não era qualquer pessoa que conseguia fazê-lo sem problemas. 

Depois da pergunta de Luz eu não pude deixar de ficar encabulado. Olhei para baixo e tentei pensar em uma resposta para sua pergunta.
- Bem...eu falei com você porque eu sou tímido e também quase não tenho amigos. Eu queria conhecer você. Talvez fosse pelo fato de sermos novatos aqui ou sei lá, mas com certeza eu vi alguma coisa em você que não vi em mais ninguém...eu vi...Luz!!!

Eu sorri abertamente para ela, esperando que ela entendesse o que eu tinha dito. Estava ficando com fome. Não tinha comido nada desde a manhã, então achei alguns doces nos meus bolsos e disse oferecendo-os para Luz:
- Quer alguns feijõeszinhos de todos os sabores? Eles são muito bons.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luz Perim Queen
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 10:45

Não pude deixar de sorrir com a resposta dele, trocadilhos com o meu nome quase sempre eram negativos, mas ele fez aquilo parecer uma coisa legal. Olhei para os feijões coloridos que ele me oferecia.
- Dizem que são todos os sabores mesmo, incluindo os ruins. - falei aceitando um. - Vamos ver se eu não sou mesmo azarada. - completei brincando ao colocar o doce na boca, que para minha surpresa tinha gosto de café.
- Obrigada. - agradeci. - Quer dizer que também é tímido? Você é tão simpático, imaginei que tivesse um milhão de amigos por onde passasse.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tommy K. Youngblood
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 11:04

Sorri por Luz ter aceitado meus doces. Coloquei alguns na boca e um gosto amargo me inundou a boca. Era o sabor de remédio. Eu estremeci um pouco e tentei me distrair do sabor horrível respondendo a Luz.
- Sim, eu sou tímido. Pode não parecer, mas eu sou bastante tímido. Quando cheguei aqui eu não falei com ninguém. Nem mesmo quando fui selecionado pra Lufa-lufa. Na verdade, você é a primeira pessoa com quem eu falo. Eu tentei vencer minha timidez pra falar com você.

Eu tentei sorrir, mas o doce não permitiu, então deixei escapar um comentário baixinho.
- Que doce horrível, meu Deus do céu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luz Perim Queen
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 11:09

Não consegui deixar de rir da careta que ele tentou disfarçar por causa do doce ruim.
- Que bom que veio falar comigo, somos dois vencendo a timidez aqui. - olhei para Lisbela que pulou do meu colo para perseguir o rato de alguém. Lisbela não fazia mal a uma mosca, mas adorava perseguir seja lá o que fosse menor do que ela. - Este tinha gosto de quê? - perguntei me referindo ao doce que ele chamou de horrível.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tommy K. Youngblood
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 11:13

- Sabor de remédio. Que é isso...
Estremeci novamente ao lembrar do sabor horroroso. Nesse momento uma pergunta me passou pela mente.
- Luz, do que você gosta? O que gosta de fazer?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luz Perim Queen
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 11:19

A pergunta dele me animou, porque eu gostava de muitas coisas, fiquei com medo de começar a falar e não conseguir parar.
- Eu gosto muito de livros, séries e filmes, principalmente de ficção científica, gosto de imaginar os personagens fora do contexto da história, criar um passado e um futuro para eles, coisas que os autores deixaram de comentar, o que eu chamo de teorias, tenho muitas delas.
Percebi que estava falando demais, então respirei fundo e dei um tempo.
- E você, do que gosta?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tommy K. Youngblood
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 11:24

Dei uma risada pelo comentário de Luz. Era incrível. Se parecia muito comigo.
- Eu também sou muito fã de ficção científica, séries, livros, filmes, e muitas outras coisas.
Eu olhei para a lareia e então fiquei em silêncio por algum tempo. Reflexivo. Voltei a mim depois de pouco tempo e perguntei olhando nos olhos de Luz:
- Você tem algum sonho? Algo que você queira muito que se torne realidade? Algo grande. de proporções imensas. Algo capaz de mudar o mundo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luz Perim Queen
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 1° Ano
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 11:42

Aquela pergunta me fez pensar. Soltei um suspiro sem saber se devia ou não contar meu projeto utópico de vida. Passei a mão pelos cabelos e os prendi num coque no alto da cabeça.
- Eu até tenho, mas é algo impossível. - tentei fazer aquilo parecer menos ridículo. - Eu passei minha vida toda vendo minha mãe sofrer porque a família do meu pai o fez escolher entre o amor que sentia por ela e seus próprios entes, e quando a escolha foi feita, eles simplesmente o mataram. - expliquei olhando para ele.
- Uma vez assistindo um episódio de Naruto tomei uma decisão, mais como uma meta de vida, sabe. - comecei a rir. - Isso é bem infantil, eu sempre trazendo coisas da ficção para a realidade, quem planeja suas metas de vida com base em um anime? - Suspirei outra vez, eu estava me superando no sentido falar coisas idiotas. - O fato é que meu grande sonho é acabar com o ódio das pessoas, não faço ideia de como ou se isso seria possível, na verdade, a unica certeza que tenho é de que é impossível, não se pode mudar o coração das pessoas, mas... - eu começaria a gaguejar e chorar se não respirasse bem fundo e olhasse para o teto. - Seria tão mais fácil se as pessoas aceitassem as diferenças.
Eu não conseguia mais falar, abaixei a cabeça envergonhada.
- Desculpe, você é a primeira pessoa para quem conto esta sandice, esquece isso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jensen O'Connell Belshoff
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar


Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: Concluído
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   Qua 16 Out 2013, 20:46


 ♠ A Comunal

Ainda era manha quando havia tido a brilhante ideia de levantar da minha super hiper ultra mega cama quente e confortável para tentar convencer Lyra a irmos para o refeitório mais cedo pois haviam boatos percorrendo a comunal de que iria ter alguns doces novos para o café da manha e eu teria de ser o primeiro a provar eles é claro. – Vamos Lyra, acorda! – Gritei praticamente para os quatro cantos da comunal na tentativa de acorda-la, parecia uma zumbi ou sei lá oque. Ela estava deitada em um sofá na sala e parecia estar em logout pois ainda estava acordada só que ainda dormindo, vai entender. – Se você não vai eu vou! ~Hmfs – Afirmei, virando as costas e saindo da comunal.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Comunal da lufa-lufa   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Comunal da lufa-lufa
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 6 de 42Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 24 ... 42  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Torneio de Duelos - Experientes-
Ir para: