InícioFAQProcurarPortalMembrosRegistarEntrar
Últimos assuntos
» Ilha Skye
por Éire Keller McCready Sab 16 Out 2021, 04:29

» Bar de Cumberland
por Freya Fallen Wichbest Qua 13 Out 2021, 02:40

» Sala comum
por Carrie Richmond Wichbest Dom 03 Out 2021, 18:55

» Lago Ness
por Solara Allein Jinxed Sab 02 Out 2021, 19:21

» Refeitório
por Freya Donati Sparrow Qua 22 Set 2021, 00:35

» Jardim e Playground
por Freya Donati Sparrow Qua 22 Set 2021, 00:34

» Odeon Bar & Grill
por Noah McBride Salvatore Seg 20 Set 2021, 20:53

» Castelo Eilean Donan
por Gregor Nielsen Hoffman Sab 18 Set 2021, 03:06

Usuários Online
19 usuários online :: 9 registrados, 6 invisíveis e 4 visitantes :: 1 motor de busca

Alaska Winfield, Alysson Alucard Orlok, Angelic Striffet Merrio, Jolene Roberts, Joshua S. Ishikawa, Lola Elizabeth Haraldsen, Mochizuki Asami, Viktor Dzagoev Pallas, Zizatara Keller Sondheim



O recorde de usuários online foi de 806 em Qua 18 Jul 2012, 18:51
.:Tempo em Hogwarts:.
.:Aparatar:.











Quer se tornar um parceiro?
Clique aqui e saiba como!
Mídia Bruxa


Edição 09 - 2021
o
PROFETA DIÁRIO
✶ A SEDUTORA FONTE DE NOTÍCIAS PREFERIDA DO MUNDO BRUXO ✶
O Quadribol Espera por Você
Um mundo de possibilidades está aberto para os apaixonados por Quadribol, vai ficar de fora dessa?. PÁGINA 1
Giro Esportivo
Fique por dentro de tudo o que está acontecendo no mundo esportivo bruxo. PÁGINA 2
Saúde no Esporte: Cuidar do corpo e da mente é importante para todos, veja algumas dicas de cuidado alimentar para esportistas. PÁGINA 3
Horóscopo Bruxo: Os astros estão cantando para você, estão prontos para ouvir?. PÁGINA 4
Denúncia: Seguimos a trilha de uma denúncia anônima sobre a Confederação Internacional e buscamos respostas.. PÁGINAS 5.



Comentários: 36
Mídia Bruxa


[ Acesse o Tópico e Coloque o Mouse Sobre a Capa Para Ler a Edição Completa ]
Doces ou travessuras?

Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts - Harry Potter - Portal 2gIe


por Gossip Witch


Abóboras flutuantes, maçãs, brownies, morcegos, taças de doces coloridos e muitas histórias para serem contadas. Halloween, uma época instigante e cheia de entretenimentos, não é para os fracos de coração. Há uma surpresa em cada esquina. Algumas das surpresas são boas e outras podem ser ruins. O mais importante é que você não deixe que o medo impeça você de se vestir e ir andando até a casa de estranhos para perguntar: “Então o que vai ser: gostosuras ou travessuras?” A festa de Dia das Bruxas é sempre esperada por muitos ao redor do mundo bruxo e, neste ano, meu foco foi em ficar bem atenta aos alunos de Hogwarts. É isso mesmo, leitores do Pasquim. Nem os discentes ficam fora do meu campo de visão! Com isso, nada mais justo do que fazerem eles serem as estrelas da minha nova coluna aqui na revista, não é mesmo?

Em primeiro lugar, para estrear esse espacinho aqui, gostaria de dizer que eu espero do fundo do meu fofoqueiro coração, que o Halloween tenha trazido muitas doçuras a vocês. Antes de mais nada, também quero deixar claro que todos os envolvidos estão cientes de suas exposições! Dito isso, vamos começar.

Nossa primeira vítima foi feita enquanto em passos atentos, eu caminhava pelos arredores do vilarejo. Nosse little T. pediu que não fosse revelade, sendo assim, manterei o sigilo e aumentarei a curiosidade de vocês. Segundo o que me foi relatado, parece que os alunos da escola de magia e bruxaria de Hogwarts foram vistos bebendo e contrabandeando bebida alcoólica no meio da névoa que cobriu os jardins da escola durante as noites de comemoração do dia das bruxas. Onde estavam os monitores? Lucy teria dado folga a eles? Ninguém sabe, porém, provavelmente, eles estavam curtindo em algum lugar; quem sabe até não faziam parte desta festinha? Além disso, Little T. jurou ter visto no momento que voltava a sua comunal diversos estudantes cambaleando pelos corredores do castelo e com um cheiro forte de uma cachaça “das brabas”; sem contar alguns amassos entre eles nos cantos da escola. O que será que os olhos de nosse ajudante avistaram? Pelo visto a animação estava à flor da pele em todos por ali. Para finalizar e não dar margem ao erro, palavras de little T.: “Espero sinceramente que ninguém se torne mãe/pai antes da hora, pois as chances de nascer leoninos ou virginianos é mais assustadora do que QUALQUER coisa que eu tenha presenciado em Hogwarts durante o Halloween.” Posso dizer que estou nessa com você, pequene! Imaginem só a cara da vice-diretora se avistasse isso?

Para a segunda revelação a entrevistada não fez questão de poupar seu rosto dos holofotes. Louise Westwick Haraldsen não mediu palavras e contou sua reclamação sobre seu colega monitor grifino, Robert McCready. A corvina expôs sua indignação sobre a brincadeira de Robert de presentear seus amigos com ovos podres como se fossem de chocolate. Que coisa feia, monitor! Parece que o leão está confundindo as épocas comemorativas. Já atualizou o seu calendário, McCready? Para mais, Louise contou sua sensação de passar por essa pegadinha: “Um  verdadeiro presente de grego, achei que aquela carniça nunca mais ia sair de mim. A ideia foi engraçada, mas imagina a tragédia quando eu mordi o chocolate e senti aquele sabor de bicho morto com chorume de água de esgoto na minha boca? Filho da mãe.” Opa, até a editora-chefe do Pasquim acabou sendo citada? De certa forma sim. Será que o filho de Theo teria “sofrido” algo assim e agora acabou achando uma boa brecha para reproduzir? Conte-nos tudo, Capitã! A monitora me contou que além dela outras vítimas como a monitora-chefe Claire e a monitora da grifinória, foram feitas. Quem mais teria caído nessa? “Não falei nada pra elas porque eu não ia cair sozinha né? Kkkkkk Mas não sei qual foi o resultado. Sei que na última reunião pra ronda estava todo mundo soltando fogo pelos olhos com ele. “É como o ditado trouxa diz, um por todos e todos por um, não é, senhorita Haraldsen?”

Por último, mas não menos importante, deixei uma notícia que vai além dos muros do castelo de Hogwarts. Infelizmente eu não poderei revelar a pessoa que me contou, entretanto, posso dizer que essa pessoa gosta de um bom e velho caos. D.A. (forma que pediu para ser chamade)  informou que fez um  interessante acordo  para se tornar amigue de uma certa aluna. A pedido, colocarei sua frase aqui: “Ela devia sabotar alguém e revelar o que fez. Ela cumpriu o lado dela do desafio, e como prova que sou um bom amigo, vou contar para ela um segredinho. Parece que o neto mais velho da madrinha dessa amiga anda dando uns beijos na sua querida mãe. Parece que vamos ter problemas de família por uma terceira geração.” De quem será que D.A. está falando? Para quem esse discurso foi declarado? Não ofusquem as estrelas do show! Olhos atentos meninas, menines e meninos, nossos morceguinhos apaixonados estão prestes a voar.

_________________________


Os riscos do Pó de Flu no fim de ano

Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts - Harry Potter - Portal Po-de-flu


por Jarro Plummaluz


O final de ano está cada vez mais próximo, as decorações da janela já foram preenchidas por abóboras alaranjadas e esqueletos típicos do Halloween, mas também é um sinal que em breve a neve começará a cair e os enfeites serão substituídos, representando o começo do Natal/Yule e o início dessas festividades. Há melhor época no ano para ver os familiares, que estão longe há tempos? Certamente não e mesmo com a caça às bruxas acontecendo entre os trouxas, dezenas de magos se arriscarão para estarem perto daqueles que são importantes.

Por isso, desde agora, já é importante pensar em como será feita a viagem rumo ao ponto de encontro com a família. O número de passeios em cima de uma vassoura reduzem drasticamente no fim do ano, já que a neve torna o vento ainda mais frio e ninguém realmente quer aparatar com uma grande quantidade de presentes, pior ainda, esse meio de teletransporte pode causar algumas náuseas e imagina não poder degustar da ceia preparada com amor pelos outros? Por isso, nessa época do ano bruxos e bruxas preferem uma viagem tranquila usando a rede do Pó de Flu, o que poucos sabem é dos riscos que esse tipo de viagem proporciona.

Então, antes de desaparecer nas chamas verdes de uma lareira, preparamos algumas dicas para todos que querem se arriscar a passar esse final de ano com amigos, para que a viagem seja segura, tanto para você, quanto para as outras pessoas que também dependem da Rede de Pó de Flu para viajar.

Sua lareira de destino está bloqueada por meias?

Não é incomum que nessa época do ano as pessoas decorem as lareiras com meias, guirlandas e outros enfeites para embelezar o local onde os presentes serão guardados à meia-noite. Entretanto, isso pode ser um problema para qualquer um que esteja tentando viajar pelo fogo da Rede de Flu. Primeiro, porque assim que a pessoa sai, as chamas podem voltar ao normal e atingir esses objetos inflamáveis, causando desde queimaduras até incêndios.

Entretanto, outro problema pode ser desembarcar no lugar errado, pois conforme as saídas das lareiras passam pelo caminho, pode ser difícil de encontrar qual é a que você deve desembarcar quando todas parecem a mesma, já que por dentro todas são similares. Por isso, é importante deixar a saída livre a fim de que a pessoa reconheça com facilidade onde deve parar e, acidentalmente, não saia na casa errada, pois isso pode ser perigoso - não sabemos quantos criminosos podem se esconder nessa situação.

O fogo está aceso?

Para evitar alguma surpresa desagradável, junto com roupas e o corpo queimado, aparecer de forma não planejada na casa de sua família pela Rede de Flu pode soar como imprudente. É importante lembrar que as duas lareiras precisam estar acesas e ligadas ao Flu, se não, o viajante será recebido pelo fogo que queima demais, então, durante essa estação fria, lembre-se de mandar não só uma, mas duas ou três corujas para os familiares, avisando de sua chegada, para que ela seja segura.

Você está gripado?

Além de se preocupar com os problemas acima, é importante lembrar que quando se está usando a Rede do Pó de Flu, é preciso falar claramente o endereço para onde está indo e, infelizmente, alguns problemas do nosso corpo podem mudar completamente o destino final. Imagina querer visitar sua vó no Japão, mas terminar no Parque Estadual do Jalapão, no Brasil? Então, se a gripe estiver tomando conta de você ou qualquer outro problema que prejudique a sua fala esteja evidente, prefira descansar um pouco e melhorar o estado de saúde antes da viagem.

Qual a quantidade de bagagem?

Yule ou Natal, não importa qual seja o nome de sua comemoração, nessa época é normal dar e receber presentes. Infelizmente, carregar uma grande quantidade de malas não é o ideal quando se está viajando pelo Flu. Se não foi possível enviar seus presentes antecipadamente através das corujas, tenha certeza de que a bagagem a ser levada pela lareira está firmemente presa ao seu corpo, para que não haja extravio durante o trajeto; preferencialmente, é recomendado que você divida as malas, caso sejam várias, com o maior número de pessoas possíveis.

Você realmente precisa viajar?

Além dos perigos de uma grande reunião de …


[ Leitura completa ]
Comentários: 48
.: ORG no Face :.
.: ORG no Twitter :.
Entrar
Nome de usuário:
Senha:
Entrar automaticamente:
:: Esqueci-me da senha