InícioFAQBuscarPortalMembrosRegistrar-seLogin
IMPORTANTE: Parte do RPG voltou, mas ele ainda continua em reformas! Saiba mais sobre o que já mudou clicando aqui!
Que tal ter companhia para assistir Animais Fantásticos no Cinema? clique aqui e saiba mais!
As regras dos Avatares foram atualizadas! Cliquem aqui e confiram.
As Listas de Aprovados e Provão já foram divulgadas! O provão será realizados de 10 a 12 de dezembro.

Compartilhe | 
 

 Família Austin

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Amélia E. Owens
Ex-administrador
Ex-administrador



Perfil de Quest
Escola/Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: Concluído
Varinha:

MensagemAssunto: Família Austin   Dom 14 Set 2014, 16:43

『Informações』


   
   
   MEMBROS

   Tramas Individuais
   
   MANSÃO
   
   BRASÃO

   Herdeiro (Moderador)

   Elfo Doméstico
   
『história - Desde os fundadores』

   Em meados dos anos 40, um rapazote irlandês - bruxo puro-sangue da família Bentivoli - apaixonou-se por uma jovem trouxa. Seus pais, porém, não aceitaram o fato de um bruxo sangue puro se misturar com uma mera trouxa, sendo assim sentenciaram, decididamente, que os jovens sofreriam graves consequências caso se encontrassem. Não suportando a ideia de ficar sem sua amada, o jovem irlandês fez uma proposta quase que absurda para ela. Ele propôs que fugissem para longe, para serem felizes sem as chateações de seus pais. Naquela época esse tipo de proposta era um absurdo, afinal como dois jovens, que não sabem muito sobre o mundo caótico que havia lá fora, poderiam sobreviver sozinhos? Era algo bem adolescente e insano... Mas, de todo dito, o amor e a loucura andam de mãos laçadas. Os jovens fizeram todo um planejamento de fuga, analisando até mesmo os minúsculos detalhes. Com uma pequena contribuição do destino, o jovem casal conseguiu fugir sem que os guardas, do palacete da família Bentivoli, notassem. Apesar da pouca experiência, o casal conseguiu chegar às proximidades de uma cidadezinha no interior da Inglaterra, onde conheceram uma senhora robusta e de cabelos grisalhos, dona da estalagem Gertrudes E.L.I. -  que por sinal era a única que existia na cidade. O bruxo irlandês contou a história à velhota, que logo se sensibilizou e “ofereceu-lhes” ajuda, desde que eles a ajudassem nos afazeres da hospedagem. Diga-se, de passagem, que aquilo foi como um bálsamo de fartura para eles, já que seus únicos pertences eram suas vestes do couro e alguns poucos panos e frutas que traziam dentro de um pequeno baú arcaico – se bem que o bruxo poderia espanar no ar sua varinha e ditar algum feitiço que os ajudasse bem mais que aquela velha senhora, mas ele não o fez justamente por pensar que seus pais os descobririam ali.
   
   Certo tempo depois, de cotidianamente ajudarem nos afazeres da estalagem, ouviram o boato de que dois viajantes estavam de passagem pela pequena cidade; e eles eram conhecidos como os “irmãos Aquiles” e, segundo os boatos: eles eram herdeiros de frotas de alguma coisa ou outra ao leste país e mais uma pilha de outras coisas. Mas o que eles dois fariam na pequena cidade? Bem, os rumores explicavam que os irmãos pretendiam passar somente alguns dias em um dos quartos da estalagem (que era conhecida por muitos como acolhedora), para refugiarem-se dos problemas que lhes pesavam os ombros. Passaram-se alguns dias depois da chegada dos irmãos a estalagem Gertrudes E.L.I. e, em uma noite de insônia, o jovem bruxo irlandês resolveu descer para a saleta principal da hospedaria a fim de encontrar algo que logo trouxesse seu sono. Chegando ao final da escadaria, o jovem bruxo deparou-se com os irmãos Aquiles acomodados em poltronas belíssimas em frente a uma lareira que chamuscava. O bruxo esfregou os olhos pensando que aquilo era somente uma ilusão, já que até onde recordava, não existia de maneira alguma poltronas tão apreciáveis quanto aquelas. Os irmãos Aquiles conversavam sobre uma guerra que estava acontecendo entre os bruxos das trevas e o ministério de magia e que se fosse para permanecerem vivos, o mais correto a se fazer era trocar de identidade e quem sabe arranjar uma família que serviria como farsa para um perfeito disfarce. Sem contar que um dos irmãos havia de ter comentado sobre uma divida pendente que tinha com um comensal da morte.
   
   O jovem irlandês acabou interrompendo a conversa dos irmãos Aquiles querendo confirmar se eles realmente eram bruxos. Mesmo tendo trilhões de opções para inverterem a historia, eles não o fizeram, pois sim, confirmaram o relato, o que deu confortabilidade ao rapazola irlandês, que acabou lhes contando que ele era um bruxo apaixonado por uma trouxa e toda a tramoia que aconteceu ao decorrer daquele curto período de tempo. Após alguns dias do acontecido, a convivência dos três bruxos com a bela garota trouxa criou um laço de amizade muito forte, onde em meio as suas conversas decidiram criar uma genealogia entre eles. A amada do jovem irlandês seria a irmã mais nova dos irmãos Aquiles – mesmo que ela tivesse sangue trouxa, aquele ficou sendo o combinado. O jovem irlandês, logicamente, seria o cunhado dos irmãos Aquiles. Assim que essa decisão foi tomada, os jovens casaram-se. Não fizeram festividades, apenas assumiram o compromisso como forma de eternizarem o amor que existia nos dois. Depois do casamento, os três bruxos e a bela moça resolveram ficar juntos; um ajudando o outro e dali por diante seriam conhecidos como a família Austin. E assim surgia uma nova família em Londres. Construíram uma mansão, compraram carros e realizaram seus sonhos de vida. Os irmãos Austin, que outrora eram conhecidos como Aquiles, se casaram com bruxas camponesas - que estavam de passagem e acabaram ficando por se descobrirem apaixonadas - e tiveram filhos. O jovem irlandês e sua bela esposa também tiveram filhos e viveram na mansão por muito tempo.

   A família nunca se desfez, e até hoje ainda encontramos seus descendentes espalhados pelo mundo. Hector Austin Devereaux é descendente direto dos irmãos Aquiles - ele é bisneto deles – por esse motivo foi reconhecido como herdeiro principal da mansão Austin.

   
『Conquistas e habilidades』

   Hector Austin Devereaux
   Conquistas (em Hogwarts): Aluno destaque no 3º, 4º e 6º ano em Hogwarts; Campeão da Copa Intercasas como duelista no 6º ano; Destaque no 6º e 7º ano como o apanhador da sonserina que mais conseguiu finalizar uma Finta de Wronski.
   Habilidade: -
   Catherine Eirapuã Haraldsen Austin
   Conquistas (em Hogwarts): Professora de Voo; ex-apanhadora do time Harpias de Holyhead; ex-apanhadora do time da Lufa-Lufa.
   Habilidade: -
   Fabrizio Tramonti Austin Perroni
   Conquistas (em Hogwarts): Professor em Hogwarts
   Habilidades: -
    Luigi Austin Auditore Abnara D'Amici
   Conquistas (em Hogwarts): Artilheiro da Grifinória.
   Habilidades: -
    Elizabeth Ryden Austin
   Conquistas (em Hogwarts): ex-batedora no time da Grifinória.
   Habilidades: -
    Alynne Trend Yansley
   Conquistas (em Hogwarts): Aluna destaque no 2º, 4º, 5º e 7º ano; campeã de uma Competição de Feitiços em seu terceiro ano; campeã de uma Maratona de Poções em seu quinto ano; monitora da Sonserina no sexto ano.
   Habilidades: -
    Alicia Chevrolié Austin
   Conquistas (em Hogwarts): -
   Habilidades: Metamorfomagia.
    Max Austin Devereaux
   Conquistas (em Hogwarts): 2º lugar na corrida de vassouras; ex-Monitor da Grifinória.
   Habilidades: -


   

   
   

_________________
Amélia Owens
Chatbox | Portal | Layout e Design | Tramas | Crianças | Famílias
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Família Austin
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Primeira Seção-
Ir para: